O Decreto nº 8373/2014 instituiu o Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial). Por meio desse sistema, os empregadores passarão a comunicar ao Governo, de forma unificada, as informações relativas aos trabalhadores, como vínculos, contribuições previdenciárias, folha de pagamento, comunicações de acidente de trabalho, aviso prévio, escriturações fiscais e informações sobre o FGTS.

A transmissão eletrônica desses dados simplificará a prestação das informações referentes às obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas, de forma a reduzir a burocracia para as empresas. A prestação das informações ao eSocial substituirá o preenchimento e a entrega de formulários e declarações separados a cada ente.

Qualificação Cadastral

Mantenha seu cadastro sem pendências junto ao e-Social. Realize a consulta de suas informações cadastrais e corrija suas pendências.

Portal e-social - Consulta cadastral



Certidões

Certidão da Justiça Federal
Onde nada consta contra o funcionário com o CPF especificado.
Clique Aqui

Certidão da Justiça Estadual
Onde nada consta contra o funcionário com o CPF especificado.
Clique Aqui

Certidão da Polícia Civil
Onde nada consta contra o funcionário com o CPF especificado.
Clique Aqui



Cartão SUS - CNS

A partir de Março de 2012, o cadastro e uso do Cartão Nacional de Saúde (CNS) passa a ser obrigatório para usuários do SUS, bem como para aqueles que possuem planos de saúde ou realizam consultas particulares.

Tal medida começou a valer a partir do dia 1° de março, conforme Portaria nº 763/2011 do Ministério da Saúde. O objetivo de tornar obrigatório o uso do cartão SUS é manter um banco de dados com registro dos procedimentos ambulatoriais e hospitalares nos sistemas de informação do Ministério da Saúde, além de centralizar todas as informações do paciente (consultas, exames, medicamentos, procedimentos, hospitais etc.).

Para esclarecimentos, acesse o link: https://conectesus-paciente.saude.gov.br/menu/home